Embriofetopatologia

ABORDAGEM COMPLEMENTAR NO DIAGNÓSTICO PRÉ-NATAL

A nova unidade de Embriofetopatologia IMP desenvolve
o estudo de produtos de abortamento (com idade gestacional inferior a 11 semanas), placentas e autópsias fetais (com idade gestacional até às 23 semanas + 6 dias).

A avaliação anatomopatológica destes casos requer uma formação altamente especializada para o reconhecimento de alterações dos diferentes produtos, com vista ao diagnóstico preciso, englobando desde anomalias malformativas a alterações associadas a patologia materna e placentar.

O trabalho multidisciplinar estreito e integrativo de profissionais com formação subespecializada é uma mais-valia, com vista ao diagnóstico definitivo.

PATOLOGIAS MAIS FREQUENTES
  • Cromossomopatias
  • Anomalias e patologias malformativas
  • Patologia infeciosa
  • Patologia materna
  • Gravidez ectópica tubária
EXAMES IMP
  • Dissecção e macroscopia
  • Estereomicroscopia
  • Histoquímica
  • Imunohistoquímica
  • Estudo microbiológico
  • Estudo genético

Equipa Médica

ANA COSTA BRAGA
Coordenadora da Unidade

Artur Silva
Maria Cecília Alves